Matéria na Revista Tecnologia Gráfica, sobre as foundryes brasileiras…

(…) É inegável o desejo desses profissionais de lucrar com o resultado de seus esforços criativos, encarando a tipografia também como uma importante fonte de renda. Para tanto, tornou-se imprescindível conhecer o diversificado mercado de fontes, que comporta tanto as iniciativas individuais, as typefoundries de “um homem só”, quanto o trabalho especializado em equipe, característico das grandes empresas. “A produção no Brasil ainda é individualizada, quase como a de um artesão em seu ateliê, que cuida de todas as etapas do processo. É um trabalho árduo, mas acredito que num futuro breve o mercado absorva essa produção de tal maneira que tenhamos de fragmentá-la para dar conta da demanda. Assim espero que aconteça”, torce Esteves. Em se tratando de produção profílica, a Intellecta Design, que se intitula como “a maior typefoundrie latino-americana”, destaca-se nesse cenário com sua biblioteca com mais de 200 famílias tipográficas, grande parte proveniente da digitalização de escritas e tipografias históricas. “Não me vejo apenas como um tipógrafo, mas também como um empresário do setor de tipografia digital. Penso que falta esta visão à maioria dos colegas brasileiros, mas é possível, e natural, que algumas personalidades nacionais do setor venham a se unir no futuro em empreitadas comerciais”, prevê Paulo W., idealizador da Intellecta. (…)

LINK PARA A MATERIA COMPLETA

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: